A Hora da Verdade

A Hora da Verdade no blog do Herasmo Leite

16 de dez de 2017

Pré-candidatura do médico pinheirense, Dr. Joel Júnior, ganha força em outras regiões do estado

Dr. Joel recebeu o apoio do ex-prefeito da cidade de
Altamira do Maranhão, o professora Arnaldo Gomes. 

Já apontado por muitos como o principal pré-candidato a deputado estadual na Baixada Maranhense, o médico pinheirense, Dr. Joel Júnior, está conquistando apoios importantes na disputa por uma cadeira na Assembléia Legislativa do Estado.
Além do apoio já recebido do Pastor Ribamar Braga, da Igreja Batista de Pinheiro, IBP, empresários, professores, e lideranças políticas da região, a pré-candidatura do Dr. Joel também ganha força em outras regiões do estado do Maranhão.
Nesta sexta-feira (15), Dr. Joel recebeu a visita do ex-prefeito da cidade de Altamira do Maranhão, o professor Arnaldo Gomes. O encontro aconteceu na capital do estado, sendo mais um fator positivo na nova empreitada. O ex-prefeito aderiu ao projeto iniciado pelo jovem médico e garantiu irrestrito apoio na região que milita.
A pré-candidatura do Dr. Joel que surgiu por imposição popular na última semana, caiu como uma bomba no meio político do estado do Maranhão. Desde então, Dr. Joel tem sido procurado por lideranças políticas de diferentes regiões e agremiações maranhenses.


Dentro de uma visão democrática de fortalecimento da participação dos cidadãos na vida política, Dr. Joel Júnior,  acredita que é possível construir um projeto de mudança para o Maranhão que contemple o desenvolvimento, o combate à pobreza, a distribuição de renda e a inclusão social de amplos setores. “Entendo que a construção desse projeto passa pela conscientização política dos cidadãos e cidadãs, em especial das populações mais vulneráveis, fortalecendo o sentimento de integração e a necessidade de participação efetiva nas decisões que dizem respeito à vida do estado”, afirma.

Cento e cinquenta e quatro alunos se formam no Proerd em Presidente Sarney



Cento e cinqüenta e quatro alunos da rede municipal de ensino de Presidente Sarney, participaram na manhã da última sexta-feira 5, no Fundec, de uma cerimônia de entrega de certificados de conclusão do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência – PROERD, promovido pela Polícia Militar.

Durante o curso,  policiais do 10º Batalhão de Polícia Militar equipados como se fossem fazer o serviço de atendimento a ocorrências, se dirigiram  a uma escola  da cidade, onde utilizando modernos métodos didáticos, ministraram  aulas para alunos do ensino público.   

Através do livro do estudante PROERD, os conteúdos foram desenvolvidos de forma dinâmica em grupos cooperativos, onde nas aulas foram realizadas atividades voltadas ao desenvolvimento das habilidades individuais para que os jovens possam tomar suas decisões de forma consciente, segura e responsável.

Ao longo de três meses, os alunos aprenderam sobre os riscos e as conseqüências do uso de drogas lícitas e ilícitas. Além disso, tiveram aulas de como evitar o assédio de traficantes e usuários e como dizer ‘não’ às tentações e ardis do submundo dos entorpecentes de forma segura. Eles também tiveram palestras sobre bullying e violência nas escolas e nos lares.

De acordo com a prefeita Valéria Castro, que participou do evento,  a missão dos jovens que passaram pelo programa vai além da simples conscientização individual. “Eles devem se transformar em propagadores da mensagem pregada pelo PROERD. O programa também abrange a família, pois existem atividades para serem desenvolvidas em casa, envolvendo assim, os pais, irmãos e demais entes dos alunos”, explicou a prefeita.

Comandante do 10º BPM de Pinheiro e um dos incentivadores do Programa, o Tenente o Tenente  Coronel Diniz , que também estava presente na solenidade de formatura,  disse que não é diferente poder aprender com policiais militares e que isso torna o processo mais interessante..

Ele enfatizou ainda que os “pais devem conversar bastante em casa sobre drogas e também em relação ao trânsito, bem como os demais problemas que afligem a sociedade atual, pois o diálogo franco e aberto é o melhor caminho para a solução e prevenção de conflitos familiares.

Na aproxima segunda feira uma nova turma de 140 alunos do Distrito de Três Furos, que se formaram através do Procard, estarão sendo diplomados.

15 de dez de 2017

Governo entrega 2.760 instrumentos musicais a municípios maranhenses.Presidente Sarney foi um dos contemplados



O Governador Flávio Dino entregou nesta sexta-feira (15), na Casa do Maranhão, 110 kits de instrumentos musicais a 52 municípios do estado. A ação é parte do Programa Maranhão Musical, realizado por meio da Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur). A cerimônia acontece a partir das 16h com a participação de autoridades, gestores de cultura e professores de música das cidades beneficiadas.

Para o secretário de Cultura e Turismo, Diego Galdino, o programa ajudará a dinamizar a produção cultural nas cidades maranhenses e a democratizar o acesso ao ensino musical gratuito e de qualidade. Mas não só isso. “Queremos com esse programa fomentar a implantação de escolas de música do interior do estado, incentivar a formação musical elevando o nível técnico e artístico dos alunos, e valorizar ainda mais as iniciativas culturais oriundas do interior do estado”. 

Do total de municípios atendidos, 30 serão contemplados por recursos estaduais, com direito a 30 itens cada, totalizando 900 instrumentos musicais entregues. Os outros 22 municípios serão beneficiados por meio de emenda federal, recebendo, cada um, 80 instrumentos, além de 87 itens de mobiliário. 

A proposta do Maranhão Musical é oferecer cursos regulares de iniciação e formação musical através de aulas práticas e teóricas.

Os 22 municípios são atendidos por meio de convênio com o Ministério da Cultura que é oriundo de emenda parlamentar do deputado Sarney Filho. Nessas cidades está prevista a implantação de escolas de música em parceria com a prefeitura municipal. Cada município receberá instrumentos musicais (violões, baixo, bateria, clarinete, flauta doce barroca, guitarras, sax, trompete, entre outros) além de mobiliários (armários, cadeiras, mesas, estantes, ventilador, bebedouro, quadro branco, além de livros e partituras). 

Ainda sobre os 22 municípios, foi oferecido pela Secretaria de Cultura e Turismo qualificação dos monitores pela Escola de Música do Maranhão Lilah Lisboa de Araújo e a disponibilidade de cinco monitores que acompanharão a implantação das escolas de música durante um ano. A contrapartida das prefeituras é a destinação do espaço de funcionamento da escola, a contratação de professores e a criação de leis municipais para a criação das escolas de música municipais já aprovadas.

As outras 30 cidades, entre elas Presidente Sarney,  serão beneficiadas pelo programa com recursos do tesouro estadual. Cada município será contemplados com um kit de 30 instrumentos musicais. O kit é formado por guitarra, flauta, contra baixo, teclado, violão, bateria, entre outros.

A Escola de Música do Maranhão Lilah Lisboa de Araújo também foi contemplada com kit musical contendo 100 instrumentos. 

Integram o grupo de municípios que receberam kit com 30 instrumentos musicais: Alcântara, Axixá, Bacabal, Barra do Corda, Bom Jesus das Selvas, Buriti Bravo, Cajapió, Codó, Coroatá, Cururupu, Governador Newton Belo, Imperatriz, João Lisboa, Lago da Pedra, Lago do Junco, Lago Verde, Matões, Mirador, Nova Iorque, Paço do Lumiar, Peritoró, Raposa, Ribamar Fiquene, Santa Inês, São Benedito do Rio Preto, São José de Ribamar, São Mateus, Senador La Rocque, Tuntum e Vitorino Freire.

Já os contemplados pelo convênio federal são os municípios de Aldeias Altas, Água Doce do Maranhão, Alto Alegre do Maranhão, Apicum Açu, Amarante do Maranhão, Bequimão, Brejo, Cachoeira Grande, Joselândia, Montes Altos, Presidente Sarney, Presidente Vargas, Nova Olinda do Maranhão, Santa Luzia do Paruá, Satubinha, Trizidela do Vale, Turiaçu, Olinda Nova do Maranhão, Mirinzal, Vila Nova dos Martírios, Cândido Mendes e Riachão.

Sebrae realiza mais de mil atendimentos na Agritec Cururupu


Os atendimentos foram realizados entre capacitações em sala de aula e participantes que visitaram as clínicas tecnológicas promovidas pela instituição, nos três dias de Feira.

A cidade de Cururupu, localizada na microrregião do Litoral Ocidental Maranhense foi a escolhida para encerrar o ciclo de 2017 das Feiras da Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec). Está foi a 14ª edição do evento, que acontece desde 2015 em diversas cidades do Maranhão.
A feira foi realizada no período de 7 a 9 de dezembro e foi um sucesso de público, milhares de pessoas passaram pela praça sesquicentenário. O Sebrae alcançou números recordes nesta edição do evento, foram mais de mil atendimentos entre capacitações em sala de aula e participantes que visitaram as clínicas tecnológicas promovidas pela instituição.

O diretor superintendente do Sebrae Maranhão, João Martins, participou da 14ª Agritec e destacou o sucesso que foi a Feira. “Foi incrível ver todas as salas de aula da Agritec Cururupu completamente lotadas, isso prova que os empreendedores do campo da região do Litoral Ocidental estão sedentos por conhecimento, o Sebrae se orgulha em ser parceiro na realização da Agritec e poder contribuir para o crescimento desses empreendedores. Tenham absoluta certeza que onde houver um pensamento de crescimento para o estado do Maranhão, independente do segmento, o Sebrae estará presente, contribuindo com tudo aquilo que pudermos”, afirmou Martins.
Ao todo, foram 2.290 pessoas capacitadas na Agritec Cururupu. O número fica ainda mais impressionante quando contabilizadas as quatorze edições da feira; mais de 25 mil pessoas passaram pelas salas de capacitação do evento.
Sediar um evento da magnitude da Agritec é um marco para o município, foi o que disse a prefeita de Cururupu, professora Rosinha.“Esse evento vai deixar para todos os cururupuenses um legado de conhecimento e muito mais do que isso, um sentimento de orgulho por ter sediado um evento de tamanha grandeza. Provamos que a nossa região tem um potencial enorme em todas as áreas”, afirmou Rosinha.

A Agritec Baixada Ocidental foi uma realização do Governo do Estado do Maranhão, por meio da Secretaria Estadual da Agricultura Familiar, com a co-realização do Sebrae e apoio da Prefeitura Municipal de Cururupu, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma), Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp) e diversas entidades, sindicatos, associações e movimentos.

“As 14 edições já realizadas da Agritec deixam um legado de muita esperança por meio de conhecimento, tecnologia, experiência, comercialização, acesso a crédito e terra e isso tudo só foi atingido graças as parcerias que tornaram as Agritecs possíveis, como o Sebrae”, disse o secretário estadual da Agricultura Familiar, Adelmo Soares.

A agricultora familiar, Marilurde Mendes Mafra, comercializou durante os dois dias de evento hortaliças cultivadas em sua pequena propriedade na zona rural do município de Cururupu, ela também aproveitou para participar das capacitações que estavam sendo oferecidas durante a feira.
“Eu aprendi um monte de coisas novas. Aprendi até a fazer estufa, coisa que eu não sabia. Agora vou voltar pra casa com conhecimento e com o dinheiro que ganhei aqui vou pagar umas contas e montar a minha estufa pra aumentar a minha hortinha”, disse satisfeita a agricultora.

Juntos, os agricultores familiares comercializaram mais de sessenta e três reais durante os três dias de feira. A Agritec Cururupu também oportunizou acesso ao crédito ao pequeno empreendedor do campo, onde mais seiscentos mil reais em contratos com instituições financeiras foram celebrados.
“Para nós que compomos a unidade regional do Sebrae em Pinheiro, que atende toda a região, foi um desafio contribuir na realização de mais uma Agritec. Os resultados nos deixam com a consciência do dever cumprido e prontos para os novos desafios que nos forem apresentados”, concluiu Graça Fernandes, gerente regional do Sebrae em Pinheiro.