A Hora da Verdade

A Hora da Verdade no blog do Herasmo Leite

15 de jul de 2019

Pinheiro - Ex-prefeito Zé Arlindo admite disputar eleição em 2020



Durante entrevista no programa “A Hora da Verdade” ocorrido nesta segunda-feira 15 de julho, o ex-prefeito Zé Arlindo admitiu que são grandes as chances de entrar na disputa pela Prefeitura de 2020. Quando questionado sobre o assunto, ele disse que está resolvendo as pendencias judiciais. 
“Estarei no encontro das urnas. Como prefeito fiz um excelente trabalho, principalmente das áreas da educação e da assistência social. O povo está pedindo para que eu seja candidato porque entende que eu desempenhei um bom papel a frente do executivo municipal. Hoje o povo conhece Zé Arlindo e está fazendo comparação do que fiz e do que está sendo feito. Estou tendo um chamado forte da cidade. Já estou me preparando para a eleição de 2020”, disse Zé Arlindo
.
Biografia de Zé Arlindo

Em julho de 57, nascia em Ponta Branca, José Arlindo Silva Sousa.
Seu pai, Domingos do Espirito Santo Silva Souza, era lavrador, um homem destemido e honrado.
A mãe, dona Pureza de Nossa Senhora Silva Souza, passou a vida cuidando do marido e dos filhos, dividindo com maestria e honestidade a pouca quantidade de alimentos e ensinando aos filhos a forma de viver com dignidade.

Zé Arlindo, com o pai aprendeu, também, o destemor. Com a mãe, o princípio básico da vida: respeitar aos outros como a si mesmo.

Adulto, Zé Arlindo buscou o mundo. Não trouxe consigo bens materiais. Nem joias, nem dinheiro. Trouxe coragem, as lições de honradez e a certeza de que precisava firmar com a vida um compromisso de ajudar o próximo, principalmente, respeitando-o.

Como Professor, por formação e convicção, começou a luta por dias melhores para todos, compartilhando, e dividindo conhecimentos, como outrora aprendera com a sua mãe.

Zé Arlindo já foi prefeito da cidade e pretende sair candidato novamente para consolidar a luta pela libertação do povo de Pinheiro.

Um dia, o mestre dos mestres, Prof. Paulo Freire ensinou que os homens de bem, constroem ESTRADAS, os autoritários fazem muros. Zé Arlindo é Professor e constrói estradas pavimentadas de conhecimentos, luta e coragem.

12 de jul de 2019

Pinheiro: procura-se vereador que nos respresente


   
 
A função primordial de um vereador é representar os interesses da população perante o poder público. Seja no legislar ou no fiscalizar, o resultado dever contemplar a população. Aqueles que adoecem, aqueles que estão desempregados, aqueles que sofrem as investidas da criminalidade, aqueles que precisam estudar, enfim a população carece de representantes que defendam suas causas.
 
No momento de sua campanha, geralmente um candidato à vereança defende um bandeira social. Na verdade, todos sabem as necessidades mais importantes de uma cidade: saúde, educação, segurança, empregos etc. E em razão disso, fica fácil sensibilizar os eleitores, prometendo-lhes supri-las.   Agora, a questão é identificar quais causas são de fato defendidas durante o mandato. Basta tomar posse, e as bandeiras desaparecem. Fica difícil identificar qual causa determinado vereador defende. 
 
Quer ver uma coisa? Faça este teste. Em quem você votou para vereador nas últimas eleições? Que promessas ele fez? Ele está cumprindo? Que bandeira ele levantou durante a campanha: educação de qualidade, saúde digna, mais segurança, mais emprego…? Que bandeira ele defende em seu mandato? Ele tem lutado por quem prometera lutar? Ou simplesmente está tirando selfie em reformas de obras do prefeito; frequentando festas beneficentes; doando cestas básicas, com seu dinheiro ou construindo pontes…? 
 
Um vereador não é eleito para executar obras públicas, nem para fazer doações a determinada pessoas, enquanto vereador. Ele deve lutar para que o poder público contemple as necessidade da população pela qual ele se propôs a representar. De forma que se cada vereador lutar por determinada causa social, todos serão beneficiados. 
     
Mas onde está esse vereador? Onde está sua bandeira? Cadê sua causa? Procura-se um vereador para nos representar.