A Hora da Verdade

A Hora da Verdade no blog do Herasmo Leite

12 de nov de 2015

Agritec Caxias: Governo Federal anuncia RS 20 milhões para a Agricultura Familiar no MA



Flávio Dino destacou que  o Governo do Estado vai continuar apoiando a produção e os agricultores familiares.  Foto: Antônio Martins/Secom
Flávio Dino destacou que o Governo do Estado vai continuar apoiando a produção e os agricultores familiares. Foto: Antônio Martins/Secom
A Feira da Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec) do Território dos Cocais, iniciou nesta quarta-feira (11), em Caxias, com uma novidade para o Maranhão. O estado receberá R$ 20 milhões do Governo Federal para ampliar a capacidade produtiva das famílias nos municípios com menor IDH do estado.
Ao lado do governador Flávio Dino, o secretário nacional de Segurança Alimentar do Ministério de Desenvolvimento Social (MDS), Arnoldo Anacleto, destacou o novo momento no Maranhão, ao lembrar que em 2014 o estado devolveu R$ 44 milhões em recursos que deveriam ter sido aplicados na produção dos municípios maranhenses.
Flávio Dino destacou que  o Governo do Estado vai continuar apoiando a produção e os agricultores familiares.  Foto: Antônio Martins/SecomFoto: Antônio Martins/Secom
Flávio Dino destacou que o Governo do Estado vai continuar apoiando a produção e os agricultores familiares. Foto: Antônio Martins/SecomFoto: Antônio Martins/Secom
“Estamos trabalhando junto com o Governo do Estado para que todas as políticas sociais e de produção continuem. Nós temos orgulho de ajudar o governador Flávio Dino a tirar os anos de atraso no Maranhão”, assegurou o representante do MDS.
Com o recurso disponibilizado, será possível impulsionar a capacidade produtiva dos trabalhadores rurais, ampliando de 3 mil para 9 mil famílias beneficiadas com acompanhamento técnico nos municípios com menor IDH. Os recursos do Governo Federal também são destinados à aquisição de caminhões que transportarão produtos agrícolas nas cidades que integram o Plano Mais IDH.
“Passo a passo construímos políticas públicas para todos os maranhenses ao aplicar corretamente os recursos públicos. Vamos continuar apoiando a produção e os agricultores familiares. Acreditamos que esse é o caminho correto, investir na educação e na produção. Nós temos uma crença profunda de que estamos no caminho correto”, destacou Flávio Dino.
Abertura da Agritec
Além dos importantes anúncios de investimento do Governo Federal, na abertura da Feira foi assinado o convênio entre o Governo do Estado e a cooperativa da Reforma Agrária para assentamentos rurais na região do Vale do Itapecuru.
Na ocasião, foram firmados contratos de financiamento do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) que beneficiarão agricultores do município de São Domingos do Maranhão com a concessão de créditos bancários para ampliar a produção da família produtora rural. Foram entregues ainda kits de irrigação para as famílias da comunidade quilombola Soledad e da comunidade de Usina Velha.
O secretário estadual de Agricultura Familiar, Adelmo Soares, e o prefeito de Caxias, Léo Coutinho ressaltaram a importância das Feiras como possibilidade de fortalecimento da produção agrícola familiar e ampliação da rede de conhecimentos em todo o estado.
Participaram da abertura, o presidente da Assembleia Legislativa, Humberto Coutinho, deputados estaduais e secretários estaduais, prefeitos, vereadores, lideranças e representantes dos movimentos sociais.
Governador Flávio Dino, presidente da Alema, Humberto Coutinho, secretário nacional de Segurança Alimentar do Ministério de Desenvolvimento Social (MDS), Arnoldo Anacleto, secretário Aldelmo Soares (Agricultura Familiar), prefeitos e demais autoridades na abertura da Agritec Caxias. Foto: Antônio Martins/Secom
Governador Flávio Dino, presidente da Alema, Humberto Coutinho, secretário nacional de Segurança Alimentar do Ministério de Desenvolvimento Social (MDS), Arnoldo Anacleto, secretário Aldelmo Soares (Agricultura Familiar), prefeitos e demais autoridades na abertura da Agritec Caxias. Foto: Antônio Martins/Secom

Nenhum comentário:

Postar um comentário