A Hora da Verdade

A Hora da Verdade no blog do Herasmo Leite

15 de nov de 2016

Tenente Albatênio fala sobre a criminalidade nos municípios de Turilândia e Santa Helena

http://www.acaoturilandia.com.br/ 

Em virtude do grande índice de criminalidade constatado nas cidades Turilândia e Santa Helena, O Tenente Albatênio Ramos do 10° Batalhão de Policia Militar de Santa Helena, concedeu uma entrevista nesta sexta-feira, 11, ao Ação Turilândia, onde relatou o combate à criminalidade nas duas cidades.
O Tenente aproveitou para esclarecer a toda sociedade, as ações que vem sendo implementadas no município para combater a criminalidade, porém relatou dificuldades extremas na infraestrutura e apoio aos policiais do Batalhão. Com pouco agentes, apenas 2 viaturas, falta de estrutura e etc.
Uma das dificuldades apresentadas pelo Tenente é a falta de recursos humanos para atuar, apenas 16 no total, sendo 5 (cinco) policiais por dia para atender Santa Helena e Turilândia, o que é considerado pouco para os dois municípios. Relatou ainda que os policiais que deveriam trabalhar na escala 24x72hs, na verdade estão trabalhando 24x48hs, ou seja trabalha um dia e folga dois.
Questionado sobre os homicídios, o Tenente afirmou que todos os homicídios estão sendo investigados, sendo cada crime ocorrido por motivações diferentes, citando o triplo homicídio em Turilândia, ocorrido no dia 06/11/2016, onde acredita-se em crime encomendado, a morte da Colombiana Ana Dolores, morte motivada pelo roubo, o homicídio em Queimadas na noite de ontem motivada por tráfico de drogas e o rapaz morto esfaqueado no bar decorrente de briga no local.
A Responsabilidade das prefeituras na Segurança pública: O Tenente Albatênio deixou bem claro que a segurança pública é dever do estado e que as prefeituras não têm nenhuma obrigação em qualquer ajuda, porém os dois prefeitos, têm prestado ajuda sempre que possível.
Viaturas policiais: Há somente 2 viaturas e em péssimo estado, sendo muitas vezes necessário a retirada e utilização de peças de uma para funcionar a outra, impossibilitando uso das 2 ao mesmo tempo. A polícia conta ainda com a ajuda e doação de comerciantes locais, como é o caso da doação dos pneus da viatura que foram recebidos essa semana.
Viatura policial em péssimo estado de funcionamento
Sobre as 2 viaturas 4x4 que existiam, uma delas após constatado inviável o conserto foi utilizado para retirada de peças para a outra que hoje está no pátio, parado por um problema no motor.

Motos policiais: são 2 motos que por falta de efetivo é usada somente pela manhã e a outra é usada em reforço em algumas operações especiais.
Sobre a falta de Delegado em Turilândia: O Tenente Albatênio afirmou que a somente a Polícia Civil e a secretaria de Segurança podem informar porque Turilândia não tem delegado, mas que isso dificulta muito o trabalho policial, em vista que somente o Doutor Eduardo responde pelos dois municípios.
Ao visitar o quartel nos deparamos com a dispensa de alimentos praticamente vazia, o que remete a falta de apoio aos policias. O Tenente mostrou ainda a quantidade de motos recuperadas de roubos entre outras, salientando que o trabalho do batalhão é constante para inibir o crime, com apreensão de armas, objetos roubados e a prisão de criminosos, porém, a lei deixa brechas onde nem todo criminoso fica preso, o que acarreta na sociedade os perigos constantes.
O Tenente Albatenio ainda aconselhou a sociedade que não se envolva com a criminalidade, além do pedido de ajuda para a sociedade denunciar todo crime e suspeitos. Lembrou ainda que a compra de material roubado também incentiva o crime, além do cidadão que cede abrigo a criminosos impedindo a justiça de captura-lo também está cometendo crime.
Finalizou repetindo que a Polícia vem trabalhando incansvelmente para combater o crime no município com apreensão de armas, celulares e objetos roubados, drogas, veículos. 

 
Motos apreendidas em Blitz e recuperadas de roubo




Nenhum comentário:

Postar um comentário