A Hora da Verdade

A Hora da Verdade no blog do Herasmo Leite

2 de dez de 2016

Luciano Genésio vai enfrentar grandes desafios nos primeiros cem dias de governo


O prefeito eleito de Pinheiro, Luciano Genésio,  assumirá a prefeitura dia 01 de Janeiro de 2017 enfrentando inúmeros problemas administrativos. Ele terá pela frente a tarefa de escolher uma equipe técnica e competente que contribua com o bom andamento da administração nos primeiros 100 dias de governo. Esse período inicial é de vital importância para toda administração. É nesse momento que o choque de gestão deve ser atenuado.

NOVO SECRETARIADO.

A escolha do secretariado é uma das notícias mais esperadas na cidade. Desde a eleição especulam-se os nomes e por esta razão a maioria da cidade espera por mudanças e por aliados dele na gestão das pastas.

Os primeiros 100 dias de governo são vitais para imprimir a identidade da nova administração. Um governo que começa atuando de maneira equilibrada revela força, prioridade e capacidade de aproveitar um dos momentos mais valiosos para promover mudanças importantes.

EDUCAÇÃO 

A pasta da educação deve seguir sob o comando de um profissional da área. Isso garantirá uma particularidade fundamental. Hoje os alunos enfrentam problemas de transporte, alguns ônibus escolares já estão sucateados e em alguns povoados o transporte foi suspenso e a merenda escolar deixou  de ser fornecida aos alunos.


SAÚDE 

Um dos maiores problemas de Pinheiro é com a saúde pública. O atual prefeito praticamente fechou os postos e os hospitais do município.  Os médicos especialistas foram dispensados  e foi mantido  apenas a clínica médica, que funciona precariamente.  Os postos estão sem estrutura e falta funcionários e  medicamentos. Não restam dúvidas de que a saúde em Pinheiro vai melhorar. Luciano  deve indicar um nome da área e de sua interia confiança, sem contar que sua esposa, a Dra. Thaísa e sua mãe, a Dra. Graça,  são médicas. .


ASSISTÊNCIA SOCIAL  
A atual pasta quase não funciona e serve apenas para administrar o programa bolsa família. Fica evidenciado que o próximo nome que fará a gestão da mesma deve ser obrigatoriamente alguém da cidade, que conheça a situação social do município.



HABITAÇÃO 

Mais de 1500 casas estão sendo construídas em Pinheiro através do programa “Minha Casa, Minha Vida”, do Governo Federal. Será um grande desafio para o novo prefeito lutar pela conclusão dessas casas e entrega-las às pessoas que se enquadram no perfil do programa. Luciano terá que  viabilizar a construção de mais habitações, já que o déficit habitacional no município é grande. .


EMPREGO

O desemprego em Pinheiro é grande e Luciano vai ter que procurar alternativas para ameniza-lo. Uma saída é buscar apoio do governo Flávio Dino para implantar na cidade uma agência do SINE, que deverá selecionar os desempregados para as empresas que necessitarem de mão de obra.

SANEAMENTO BÁSICO 

A futura administração terá o objetivo de levar à universalização dos serviços de saneamento, que incluem abastecimento de água potável para todas a habitações da cidade e dos povoados, esgotamento sanitário, limpeza urbana e manejo de resíduos e drenagem de águas das chuvas. No entanto, se depender do próximo prefeito, a norma municipal que regulamenta a Política de saneamento Básico não ficará só no papel. Isso porque mesmo sem assumir o cargo para a qual foi eleito, Luciano já iniciou uma serie de vistas a órgãos públicos visando pleitear recursos federais para investimentos no setor. É sua intenção criar um consorcio com prefeituras da região para criação de um aterro sanitário único, par armazenamento e reciclagem dos resíduos sólidos.


A lista de problemas é enorme, contudo a população de Pinheiro  acredita que no mês Abril celebrará uma grande festa em comemoração ao sucesso dos primeiros 100 dias de governo de Luciano Genésio. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário