A Hora da Verdade

A Hora da Verdade no blog do Herasmo Leite

27 de dez de 2016

População de Pinheiro denuncia caos na Saúde do município


Por Luís Pablo  Política

Prefeito Filuca Mendes
Prefeito Filuca Mendes
Caos. Essa é a palavra que define o estado do setor de saúde da cidade de Pinheiro-MA.
Indignada, a população enviou ao Blog do Luis Pablo diversas fotos mostrando a situação lamentável em que estão hospitais e ambulâncias da cidade.
No Hospital Regional Antenor Abreu, segundo a denúncia, a estrutura oferecida aos pacientes é precária.
As macas estão velhas e enferrujadas, colchões danificados e sem a devida coberta como pede o protocolo do Ministério da Saúde. No setor de laboratório não estão sendo realizados exames básicos como os de Hemograma. Já no setor de Raio-X, apenas uma máquina é disponibilizada, mas sem a proteção necessária para o profissional e o paciente.
Já nas clinicas pediátricas do Hospital Materno Infantil da cidade, a situação é ainda pior. “As águas das chuvas estão adentrando nas mesmas, impossibilitando a internação das crianças, pois, o excesso de água dentro das clínicas é um problema”, diz trecho da denúncia.
A sede do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também está comprometido devido as infiltrações nas paredes. A sala de regulação médica do local apresenta várias rachaduras. Das cinco ambulâncias disponíveis na cidade, apenas uma está funcionando.
“A ambulância USA ( Unidade de Suporte Avançado) está totalmente parada com o motor batido. As outras ambulâncias que não estão rodando, precisam de manutenção e compra de novos equipamentos para que voltem a circular na cidade. A única UBS ( Unidade de Suporte Básico) que está rodando, não tem nem o material  básico para prestar um devido atendimento em caso de um acidente grave”.
Além de toda situação vergonhosa no que tange a estrutura, há indícios de que o prefeito Filuca Mendes tenha ordenado ao chefe do controle de avaliação ( E-SUS) que não informe ao SUS a produção. Tudo para que no mês de janeiro de 2017, as equipes do ESF e PSB não recebam seus repasses. 
Ambulâncias paradas
Ambulâncias paradas
Situação das macas e materiais dos hospitais é precária
Registro do Materno Infantil
Registro do Materno Infantil

Nenhum comentário:

Postar um comentário