A Hora da Verdade

A Hora da Verdade no blog do Herasmo Leite

20 de jan de 2017

Administração passada de Pedro do Rosário fez a política de “terra arrasada” antes de entregar a administração para o sucessor.

Prefeito Raimundo Antonio recebe município em situação de "terra arrasada"

A tática de terra arrasada foi usada pela Rússia em dois momentos da história: durante os conflitos com a França de Napoleão e a Alemanha Nazista. O termo consiste basicamente em destruir tudo o que existe para que a tropa inimiga que adentra o território encontre um ambiente hostil para administrar.

Depois dessa situação de “terra arrasada”, é difícil se admitir que o prefeito Raimundo Antonio tenha a coragem de transformar sua posse como gestor do município em motivo de comemoração. A devastação financeira da comuna municipal não permite ufanismo. Os motivos são mais do que claros. Por conta da crise financeira nacional, a prefeitura viu reduzidos os recursos federais e estaduais com a queda do FPM, o prefeito anterior cometeu excessos e não o fez por falta de seguidas advertências do TCE, gastando muito além do limite permitido pela Lei da Responsabilidade Fiscal. Ele preferiu  fazer “ouvido de mercador”, nomeando funcionários aos montes, para ajudar na eleição dos seus candidatos.

Essa pratica foi amplamente utilizada no município e se transformou em um procedimento crônico, alimentando o desmonte da prefeitura. Se em situação de normalidade econômica já era um ato de bravura à gestão municipal, no quadro atual, será um milagre que nem todo santo é capaz de realizar.

Fica aí, portanto, o desafio do prefeito Raimundo Antonio, de reconstruir o município. Ele, que tem um espírito empreendedor e uma vasta experiência na administração privada, vai dar o melhor de si para ser o melhor gestor publico de Pedro do Rosário.


Nenhum comentário:

Postar um comentário