A Hora da Verdade

A Hora da Verdade no blog do Herasmo Leite

13 de fev de 2017

Pinheiro - Assaltante morto em confronto com a polícia foi enterrado como indigente no cemitério de Ponta de Santana



Foi enterrado como indigente  na noite deste sábado (11/02) o assaltante morto em confronto com a Polícia Militar de Pinheiro, após assalto a um posto de gasolina em Pacas. Segundo informações, não foi encontrada nenhuma documentação com o acusado e seu companheiro de assalto, que está preso, não soube dizer quem são os familiares do seu colega. Disse apenas que o mesmo era morador de uma periferia de São Luis. “Nós esperamos dois dias para que alguém reclamasse o corpo, mas como isso não aconteceu, nós o enterramos como indigente no cemitério de Ponta de Santana” explicou um policial civil.

Entenda o caso: 

Dois homens numa moto assaltaram  o POSTO DE GASOLINA  IMPERIAL na Av. Principal no Pov. Pacas nesta sexta feira (10) pela manhã e ao fugirem levaram como refém a frentista de nome Valéria Cardoso Matos,  24 anos,  que se encontrava trabalhando no momento do assalto. Um deles, o que comandava o assalto portava dois revolveres calibre 38.   O que eles não contavam é com a reação dos  policiais da rota e vigilância do Povoado  que estavam próximo ao local e perceberam algo estranho nas imediações  do posto. Os policiais começaram uma perseguição aos dois elementos que conduziam  (entre eles na moto), a frentista,   que era levada como refém.

Segundo informações divulgadas da Polícia Militar, a dupla   fugiu  efetuando vários disparos de arma de fogo, atingindo um moto- táxi. 

Acossados e perseguidos pela policia que já contava com reforços, os bandidos liberaram a refém próximo ao Trazino,  no bairro da Enseada ,
De acordo com a Policia Militar do 10º BPM de Pinheiro, a dupla empreendeu  fuga pela Rua do Motel Beija Flor,  no Bairro São José,  onde perdeu o controle do veiculo,  abandonando-a,  e adentaram ao matagal.  Um dos assaltantes identificado como Ronaldo Cerqueira, foi baleado na perna e levado para o hospital Antenor Abreu. O mesmo segundo constatado é morador de São Luis, capital do Estado-Maranhão.
Já o segundo assaltante,   que também se embrenhou no mato efetuando disparos de arama de fogo contra o GOE , teve o revide,  sendo atingido por vários disparos e veio a óbito.
 

Um comentário: