A Hora da Verdade

A Hora da Verdade no blog do Herasmo Leite

8 de mar de 2017

Vereador Beto de Ribão propõe Título de Patrimônio Cultural para o “Carnaval de Pinheiro”



O vereador Beto de Ribão (PSD)- foto - agradeceu no Plenário da Câmara na manhã da última terça-feira 07, ao prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio,   pela realização do carnaval de Pinheiro. Segundo frisou o parlamentar,  a festa de momo foi altamente positiva não apenas pela programação de bandas, mas também pela segurança, a participação do Bloco Canelas Cinzentas e do encerramento apoteótico com o Bloco das Patifas.

“Durante a festa estava em São Luis tratando da saúde de um familiar, mas acompanhei pelas redes sociais e sei que foi um momento grandioso de congraçamento da população de Pinheiro e de vários municípios do  Maranhão, de turistas, enfim de todo mundo que apreciou. Apesar das chuvas e da crise, que é muito grande, o carnaval aconteceu, e, em todos os momentos  tive oportunidade de acompanhar,  vi uma organização muito boa e muito interessante não só para o turista, mas, sobretudo, para a população da cidade”, ressaltou.

Para o vereador, o evento foi tão grandioso que é impossível negar  de qualquer forma a intensidade e beleza da expressão cultural e artística popular pinheirense, sobretudo, no período carnavalesco.

“Pinheiro segue o seu caminho e segue na direção correta. O carnaval foi um acerto da gestão, que soube valorizar a cultura, as manifestações, os artistas e bandas locais, como Traíra de Óculos, Mirangem, entre outros, e ainda trouxe atrações importantes de fora do estado para animar os foliões”.

Durante o pronunciamento na Tribuna, Beto de Ribão propôs que o Carnaval de Pinheiro  se torne patrimônio cultural e imaterial maranhense e disse que vai solicitar através de Indicação endereçada ao Deputado Othelino Neto que apresente Projeto de Lei nesse sentido.

“Temos um dos maiores e melhores carnaval do interior do estado, que já faz parte da  nossa história e da nossa tradição. Proponho o reconhecimento porque de fato representa um patrimônio cultural e imaterial pelos  anos de história e pelas suas raízes”, concluiu o vereador.


Nenhum comentário:

Postar um comentário