A Hora da Verdade

A Hora da Verdade no blog do Herasmo Leite

17 de dez de 2016

Romero Vieira Pacheco, o “Pitoco”, está entre os cinco assaaltantes de banco capturados que possuíam mandados de prisão em aberto

Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP/MA) manifestou-se ontem sobre a prisão de dez suspeitos pela tentativa de assalto ao Banco do Brasil da cidade de Fortaleza dos Nogueiras,
no sul do Maranhão, fato ocorrido na noite da última terça-feira (13).
Em entrevista coletiva, realizada na tarde desta sexta-feira (16), foram citados os nomes dos criminosos e também foram apresentadas as armas de grosso calibre apreendidas com o grupo.
Assim que ocorreu a ação criminosa, disse o delegado Tiago Bardal, chefe da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), o Departamento de Combate a Roubos a Instituições Financeiras (Dcrif) se deslocou ao local, a fim de fazer levantamentos e identificar os envolvidos na tentativa de assalto.
A Polícia Militar em Balsas, sob o comando do tenente-coronel Medeiros, e a Delegacia Regional da cidade, conseguiram localizar os dez suspeitos. Foram presos, segundo listou Bardal, os seguintes criminosos: Gledson Tavares de Sousa, de 37 anos, natural de Presidente Dutra/MA; Luís Soares do Nascimento, o “Cacá”, mesma idade, natural de São João dos Patos/MA; Daniel
Gomes Baião, 36, de Araguaína/TO; Marcos Aurélio da Silva Milhomem, o “Lenda”, 30, de Carolina/MA; Benedito Clarindo Moreira Júnior, o “Pestinha”, 35, de Tucuruí/PA; Ronalth Correia
Coelho, o “Bebezão”, mesma idade, natural de Araguaína/TO, e Ivan Pereira de Jesus, o “Nego Drama”, 37, de Araguaína/TO.
Assim como prenderam Fernando Morais Cordeiro, o “Pirento”, 24, de Tucumã/PA; Romero Vieira Pacheco, conhecido como “Pitoco”, 33, de Pinheiro/MA, e José Fagner Galdino da Silva, o
“Léo”, 32, natural de Conceição/PB. Conforme o delegado Tiago, cinco dentre os capturados possuíam mandados de prisão em aberto, sendo que oito desses assaltantes têm antecedentes
criminais por roubo a banco.
Importante destacar que cinco haviam citado nomes falsos, mas suas identificações verdadeiras foram descobertas em seguida. Com os membros da quadrilha, os policiais apreenderam armamento pesado, como uma carabina ponto 30; uma submetralhadora 9mm e fuzis calibres 762 e 556. Além de uma vasta quantidade de munições.
O assalto: na noite de terça-feira, bandidos portando armas de grosso calibre invadiram o BB de Fortaleza dos Nogueiras e explodiram o cofre da agência, mas o equipamento não se rompeu.
Eles, então, tentaram detonar pela segunda vez, mas acabaram sendo cercados por equipes da Polícia Militar, sendo que o grupo fugiu às pressas, abandonando no local um fuzil 762. Quando escapavam, abordaram o veículo em que estava o prefeito eleito da cidade, Aleandro Passarinho (PDT), que foi deixado mais adiante pelos criminosos, que incendiaram o carro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário