A Hora da Verdade

A Hora da Verdade no blog do Herasmo Leite

3 de jul de 2017

Uma sugestão ao vereador Beto de Ribão: que apresente no Plenário da Câmara Projeto de Lei criando o Dia Municipal do Tambor de Crioula, a ser comemorado no dia 13 de maio de cada ano.



Através desta publicação, quero sugerir ao vereador Beto de Ribão que apresente no Plenário da Câmara um Projeto de Lei criando o Dia Municipal do Tambor de Crioula, a ser comemorado no dia 13 de maio de cada ano.

A apresentação do projeto em tela, regulamenta uma Lei nacional do ano de 2007 que criou o Dia Nacional do Tambor de Crioula, que é comemorado no dia 18 de junho,  dia em que o Tambor de Crioula  foi reconhecido como Patrimônio Imaterial da Cultura Brasileira pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). 
O Tambor de Crioula é festa de exaltação, uma dança acompanhada de canto e da percussão, uma  manifestação cultural típica do Maranhão  trazida para o estado por escravos de diversas regiões africanas nos séculos XVIII e XIX, e servia como divertimento ou uma forma de pagar promessa a São Benedito.
 

Três tambores são tocados com as mãos em um ritmo ininterrupto pelos tocadores enquanto as dançarinas e os cantadores dão conta da coreografia. Em um gesto semelhante a uma saudação, as mulheres tocam os ventres uma das outras através de um movimento conhecido como umbigada ou punga.
Em Pinheiro, a maior festa de Tambor de Crioula acontece no dia 13 de Maio, dia em que é festejado o Tributo à Zé Macaco, em memoria a um dos maiores tambozeiros do município, só sendo igualado pelo mestre Venâncio, também já falecido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário