A Hora da Verdade

A Hora da Verdade no blog do Herasmo Leite

24 de abr de 2017

GABIÃO, FOSSO DA CORRUPÇÃO!




Benigno Dias

Nunca pude visitar Paris
Mas onde moro fica bem
À margem do Gabião
Por vezes, até me sinto
Lá na orla do Rio Sena
Apenas na imaginação
Aqui cumpro o meu exílio
Imposto pela pobreza
Quando há transbordamento
A gente se vira nos trinta
Para escapar da correnteza
Até a próxima enchente
O Gabião é a vazante
Das correntes pluviais
Bem como dos resíduos
Ele também dá carona
A excrementos fecais
Expulsos dos intestinos
As Obras que aqui se vê
Ao nariz da nossa gente
Chega com fedor de merda
Mas a quem já foi prefeito
Elas serviram de argumento
Pro esperto roubar verbas
Não sei se essa imundice
Que desce canal abaixo
São mesmo águas de esgoto
Ou se é a conduta líquida
Da corja que tem governado
O destino deste povo
A globo enviou seu repórter
Para fazer uma matéria
Mostrando ao Brasil inteiro
Este imenso criatório
De doenças e bactérias
Proliferando em Pinheiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário