A Hora da Verdade

A Hora da Verdade no blog do Herasmo Leite

10 de jun de 2017

Governo participa da I Jornada de Atenção às Urgências em Pinheiro e Baixada Maranhense



Fonte: Seepp
Fotos: Vanessa Ribeiro09/06/2017

Com o objetivo de promover a discussão sobre a rede de atenção às urgências do município de Pinheiro e da Baixada Maranhense e fomentar uma reflexão sobre realidades, necessidades, potencialidades e transformações, o curso de medicina da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), campus de Pinheiro, realiza nos dias 8,9 e 10 de junho a ‘I Jornada de Atenção às Urgências’, no auditório do campus da UFMA, em Pinheiro.

Em parceria com o Governo do Maranhão, o evento reuniu em sua abertura gestores estaduais e municipais, profissionais de saúde da rede pública de urgência da região e alunos do curso de medicina de Pinheiro. Desde a criação do Sistema Único de Saúde (SUS) com a Constituição Federal de 1988, a saúde no Brasil passou a ser um direito de todos e dever do Estado, desenhando-se assim como um dos maiores sistemas públicos de saúde do mundo.

No entanto, a realidade atual do SUS é afetada por diversos fatores dentre os quais destacam-se os custos elevados resultantes dos avanços na medicina, a fraca hierarquização e regionalização das redes de atenção e as dificuldades de fixação de profissionais de saúde em municípios menores e mais distantes. Na área de urgência e emergência, o problema é mais evidente com prontos socorros superlotados. Assim, o evento pretende emergir propostas de contribuições no sentido de possibilitar melhorias que beneficiem a rede, o atendimento e a formação.

Para o secretário de Estado de Políticas Públicas, Marcos Pacheco, o encontro reflete o esforço conjunto entre Governo do Maranhão, UFMA e a gestão municipal no sentido de progressivamente melhorar a qualidade da assistência à saúde e da formação médica na cidade de Pinheiro. “Essa integração é estratégica na medida em que cada instituição potencializa os seus serviços para melhor atender a população de toda essa região. Isso se faz necessário, sobretudo, após a abertura do Hospital Regional da Baixada Maranhense Dr. Jackson Lago e da criação do curso de medicina em Pinheiro”, destacou Marcos Pacheco.

Já Sara Fiterman, professora do curso de medicina de Pinheiro e uma das coordenadoras do evento, contou que como o curso foi recentemente implantado, é importante investir no fortalecimento da rede pública de saúde e na produção científica acadêmica. “O curso reconhece a organização da rede de atenção à saúde da região como imprescindível para o adequado desempenho de suas atividades acadêmicas. E a realização desse importante evento científico não seria possível sem o apoio do Governo, principalmente da Fapema”, explicou Sara.

A estudante do primeiro período do curso de medicina, Dina de Oliveira, disse que gostou muito de participar da jornada. “Como a gente está no primeiro período, chegando agora, o evento trouxe muito da realidade da região. Sobre isso, a palestra da diretora do Hospital Dr. Jackson Lago, Denise Boás, contribuiu bastante, nos passando informações importantes para conhecermos um pouco melhor a rede de saúde onde pretendemos atuar”, revelou Dina.

O médico Samuel Dumond, que trabalha na equipe da Força Estadual de Saúde do Maranhão (Fesma) em Pedro do Rosário, falou da importância da realização de encontros que discutam às redes de saúde de urgência e emergência. “O nosso trabalho enquanto Fesma, por exemplo, de melhorar os índices do munícipio, depende de uma rede de saúde organizada. E a rede de urgência é essencial para o funcionamento da rede de atenção em saúde em geral. Estar aqui hoje é fazer parte da construção de um sistema mais organizado, que traga mais saúde para a população da baixada maranhense”, finalizou Samuel Dumond.

Nenhum comentário:

Postar um comentário