A Hora da Verdade

A Hora da Verdade no blog do Herasmo Leite

27 de abr de 2018

Hemonucleo de Pinheiro realiza mais uma campanha de doação e sangue em São Bento, neste sábado 28



Você já parou para pensar quantas pessoas precisam de doações de sangue por dia? E que um simples ato pode salvar a vida de alguém? Pensando nisso o Hemonúcleo de Pinheiro, em parceria com o movimento “São Bento Sangue Bom” e a prefeitura de São Bento, vai realizar neste sábado 28 mais uma ação de coleta de sangue na cidade de São Bento.  O ponte de coleta será na UBS Outra Banda, e as coletas acontecerão das 08 às 17 horas.
Segundo o coordenador do movimento “São Bento sangue Bom”, Sr. Leandro, a campanha tem o objetivo de fazer com que as pessoas doem sangue de forma espontânea e não apenas quando conhecem alguém que está necessitando. “O ato de doar é importante, enquanto colaboração para manter estoque de sangue em condições adequadas para salvar vidas”, destacou.
Para a coordenadora do Hemonúcleo, enfermeira Ana Paula, uma das dificuldades enfrentadas hoje pelos bancos de sangue é a carência de abastecimento e estoque” “Uma baixa quantidade de sangue pode provocar um desequilíbrio no fluxo de funcionamento dos hospitais, principalmente por não haver substituto  – o sangue pode ser utilizado para diversas finalidades, como tratamento de pessoas com doenças crônicas (talassemia e doença falciforme), alguns tipos de câncer, transplante, cirurgias eletivas de grande porte, acidentes ou outras situações que necessitam de transfusão” disse a diretora.
Quem pode doar?
Para doar, basta estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos de idade (menores de 18 anos precisam de autorização) e pesar no mínimo 50 Kg. No dia da doação, é preciso ter dormido ao menos 6 horas nas últimas 24 horas, estar bem alimentado (sem alimentos gordurosos) e não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas.
No momento do procedimento é necessário apresentar um documento original com foto, que permita o reconhecimento do candidato, emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social).
Entre os grupos que não podem doar sangue estão mulheres grávidas, pessoas que tiveram hepatite após os 11 anos de idade, pessoas anêmicas (o teste é feito imediatamente antes da doação), portadores de hepatites B e C, Aids, doença de chagas, malária e quem faz uso de drogas ilícitas injetáveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário